voip-centrais-telefonicas-bcotech

O anunciado fim do RDIS – O que o futuro reserva para seu negócio?

As linhas de rede RDIS têm o seu fim anunciado. A Deutsche Telekom AG está a prestes a desligar as conexões das linhas terrestres e o processo deve terminar até o final deste ano. A British Telecom já fez saber a sua pretensão de retirar o RDIS até 2025. Os suprimentos para novas linhas telefónicas PSTN e ISDN cessarão 2020. O objetivo é instalar uma rede de comunicações VoIP (Voice over Internet Protocol) em substituição das tradicionais analógicas e RDIS já a partir do próximo ano. Portanto, a solução encontrada para o fim do RDIS passa pela utilização de módulos de interface IP/RDIS, pela migração parcial das tradicionais centrais telefónicas para um ambiente VoIP híbrido ou pela substituição dos actuais equipamentos por soluções VoIP, uma vez que são soluções mais económicas do que as tradicionais.

yealink-telefones-bcotech

Por que razão os operadores de telecomunicações vão acabar com o RDIS?

Diariamente surgem avanços tecnológicos, tal como a procura de novas formas de comunicar. As linhas analógicas (PSTN) e RDIS tradicionais já não conseguem dar uma resposta eficiente a todas as solicitações das comunicações empresariais, tornando-se gradualmente uma tecnologia obsoleta. Além disso, para os Operadores com RDIS, manter uma infraestrutura antiga torna-se dispendioso. Deste modo, é contraproducente continuar a vender um produto ultrapassado. Tendo em conta que os prestadores de serviços investem cada vez mais no fornecimento de soluções novas e tecnologicamente avançadas para o mercado, os produtos ultrapassados acabam por cair em desuso.

O que irá substituir o RDIS?

As principais empresas de telecomunicações estão em fase de transição da telefonia convencional de rede fixa para o VoIP, através do serviço SIP TRUNK (linhas de voz por IP). Ao contrário das tradicionais linhas PSTN ou ISDN, que dependem do telefone fixo para transmitir voz, o SIP Trunk é uma tecnologia nova que usa a Internet para rotear chamadas telefónicas, libertando os dispositivos telefónicos tradicionais de serem conectados às linhas físicas e realizando novos recursos de comunicação unificada, de forma simples e eficaz. Com o VoIP, as linhas de cobre e o aluguer das mesmas seriam redundantes, ou seja, tudo o que é preciso é uma boa conexão de internet activa e estável.

Quais as vantagens do SIP TRUNK em relação ao RDIS?

Mudar de RDIS para SIP TRUNK é na verdade uma evolução das telecomunicações modernas, trazendo inúmeras vantagens. Abaixo uma lista de benéficos que pode usufruir com a mudança para a tecnologia VoIP:

¤ Redução de Custos

Os custos são talvez o factor mais importante a considerar em qualquer empresa/instituição. Iremos fazer um comparativo, começando com a taxa de configuração. É sempre oneroso implementar um sistema RDIS, já que por norma é necessário comprar linhas físicas, telefones proprietários, e exige uma instalação e manutenção por parte de uma equipa experiente de um determinado fabricante. Embora o VoIP não obrigue necessariamente a telefones de desktop e a dispositivos de hardware, a instalação de um sistema VoIP é muito mais económica. Relativamente aos custos de ligações telefónicas, geralmente com o uso dos serviços de VoIP economizaria até 80% entre o aluguer de linha e as ligações telefónicas. Portanto, para as empresas/instituições que ambicionam economizar em telecomunicações, o VoIP é a melhor opção.

¤ Flexibilidade e Escalabilidade

De acordo com uma pesquisa realizada pela Software Advice, a escalabilidade é o principal factor que os compradores consideram ao avaliar um sistema telefónico. Assim, ser flexível e escalável seria uma ótima vantagem ao competir no mercado. Para sistemas RDIS, uma vez concluída a configuração, ela é permanente e vinculada aos contratos efectuados. Se uma organização pretender expandir o serviço para novos locais, é necessário instalar novas linhas e hardware em cada local, o que normalmente é feito por uma equipa com formação específica. Assim, as mudanças podem levar semanas ou até meses, acarretando novos custos. Em contrapartida, para os serviços de VoIP, aumentar e alterar a configuração é rápido e simples. Graças aos números virtuais, os serviços não estão vinculados a locais geográficos e as organizações podem simplesmente adicionar usuários sem comprar novo hardware ou linhas telefónicas, permitindo que as empresas/instituições façam as alterações que necessitarem.

¤ Comunicações unificadas

À medida que as empresas/instituições exigem um aumento de comunicações em tempo real, as comunicações unificadas tornaram-se um tópico importante nos últimos anos. Com o VoIP, os fornecedores de serviços de comunicação podem ajudá-lo a interconectar todos os seus dispositivos e aplicativos de comunicação, realizando comunicações assíncronas[1] e ajudando a aumentar a produtividade dos negócios. Um exemplo é o Yeastar Linkus Unified Communications App – um softphone que trabalha em colaboração com o equipamento telefónico da marca Yeastar S-Series PBX VoIP e o Cloud PBX. Esta aplicação ajuda-o a transformar todos os seus dispositivos – telefones móveis, tablets e computadores numa extensão do seu escritório. O softphone permiti-lhe receber chamadas em qualquer lugar a qualquer momento. Com aplicativos como o Linkus, não precisa preocupar-se em perder chamadas telefónicas quando está no trânsito, e aproveita todos os recursos das comunicações em tempo real. Tais como: mensagens instantâneas, transferência de arquivos, entre outros. O mais interessante é que esta aplicação é GRÁTIS para smartphones.

¤ À prova do futuro

Com o 4G disponível na maior parte do globo e a introdução da rede 5G para breve, a velocidade e a qualidade dos serviços de internet melhoraram muito. Isto levou a um aperfeiçoamento geral dos sistemas telefónicos VoIP. A alta qualidade das suas chamadas telefónicas garante aos seus utilizadores a melhor experiência, e todas as plataformas são fáceis de gerir. O VoIP pode usar a internet para misturar perfeitamente a tecnologia de dados e a voz, tornando-a infinitamente personalizável, escalável e económica. Assim, poderemos concluir que o futuro é o VoIP.

O que as empresas/instituições devem fazer para se preparar para a mudança?

A linha RDIS está a desaparecer em todo o mundo e os sistemas telefónicos que ainda a usam perderão a participação de mercado nos próximos anos. Portanto, é necessário agir antes que os serviços RDIS sejam completamente desligados. As empresas/instituições devem optar por instalar sistemas de comunicações full IP.

Nota: Este artigo não foi escrito ao abrigo do Novo Acordo Ortográfico

[1] Transmissão de dados, geralmente sem o uso de um sinal de relógio externo, onde os dados podem ser transmitidos intermitentemente em um fluxo estável.

Partilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Voltar ao topo